quarta-feira, julho 7

Desastre

Como álcool na ferida: a Arrábida está a arder.

Sem comentários: